MULTILETRAMENTOS E O ENSINO DE ESCRITA

RELATO DE EXPERIÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA DA FFP

  • Simone Maria Bacellar Moreira
  • Roberta Alves
  • Beatriz dos Santos Alves
  • Gabriela Ramalho Pereira de Souza
  • Gabrielle Ramos Fernandes
  • Isabel Lima Ribeiro
  • João Gabriel Souza da Silva
  • Julliana Azevedo da Cunha
  • Letícia Monteiro Rodrigues
  • Mayara de Brito Silva
  • Mylena de Souza Pires
  • Paulo Roberto Oliveira Lima Ramos
Palavras-chave: Gêneros Textuais, Leitura, Produção Escrita, Multiletramentos

Resumo

Esse artigo descreve o Projeto desenvolvido pela equipe de Língua Portuguesa do PIBID, da área de Língua Portuguesa da Faculdade de Formação de Professores da UERJ de São Gonçalo no Colégio Estadual Melchíades Picanço. As tarefas propostas objetivam promover a criticidade dos alunos do Ensino Médio, articulando as práticas de leitura e de produção textual e ampliando suas competências comunicativas. A metodologia pedagógica foi baseada no modelo de sequência didática dos pesquisadores Dolz, Schneuwly e Noverraz.  Fundamentamos também a elaboração das atividades nos teóricos Mikhail Bakhtin, pioneiro na discussão e uso do conceito gênero textual de forma mais ampla, nas reflexões sobre multiletramentos de Roxane Rojo e Moura, autoras cuja reflexão se baseia na crítica da leitura e da escrita como práticas sociais que quando realizadas numa esfera diferente, alteram nossas relações e implicam relações discursivas também diferentes.

Publicado
2022-11-06