DE MÃOS DADAS COM CAROLINA MARIA DE JESUS, LINO GUEDES E LIMA BARRETO

LITERATURA AFRO-BRASILEIRA NA SALA DE AULA

  • Maria Betânia Almeida Pereira
  • Alessandra de Moraes Amaral
  • Ana Caroline Tomas Abreu
  • Julia Ferreira das Flores
  • Letícia Galvão Moreira Oriente
  • Luisa Freitas dos Anjos
  • Victória C Barreto Ribeiro
  • Laura Lopes Goulart
  • Renata Salles Pacheco Cardoso
  • Marllon Walfrido da Silva
  • Pedro Henrique de Oliveira Prudencio

Resumo

Este trabalho é um recorte das atividades desenvolvidas no âmbito do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), da Faculdade de Formação de Professores da UERJ, referente ao Subprojeto de Língua Portuguesa. As ações foram feitas no Colégio Estadual Melchíades Picanço, em São Gonçalo, no período de novembro de 2020 a abril de 2022. O eixo norteador da pesquisa vincula-se à Lei 10.639/2003 que altera a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Básica) e inclui no currículo oficial dos estabelecimentos de ensino básico das redes públicas e privada do país a obrigatoriedade de estudo da temática história e cultura afro-brasileiras. Nesse sentido, os estudos de Djamila Ribeiro (2019), Nilma Lino Gomes (2012), Eduardo de Assis Duarte (2014), dentre outros, foram fundamentais para se pensar as práticas de leitura e de escrita numa perspectiva antirracista. O pensamento de Chimamanda Ngozi Adichie (2019) também auxiliou no assentamento teórico-metodológico dos trabalhos realizados.

Publicado
2022-11-06